#STAG : Mais do que mera coincidência

stag-aquela-historiaEu fui convidada há algumas semanas pela Lua Andrade ( do blog cadernodalua.com ) para participar da hiper criativa TAG   ” #STAG Aquela História 

A tag é  uma nova proposta original do QG, com a temática:  #AquelaHistória,  acompanhados das Startups Swonkie e Vooozer, com  curadoria da Lua na elaboração de um  e-book.

Proposta temática:  #AquelaHistória, pode ser um relato muito engraçado q, ou aquela outra história de superação onde vencemos algo que nos amedrontava, uma amizade de anos, ou até mesmo aquela história do nosso primeiro amor que estamos com ele até hoje. 
Swonkie: Você gosta de apoiar pessoas e projetos certo? E se eu te contar que o QG fez uma “parceria” com a Startup Swonkie, e o motivo de estar em aspas é que não estamos fazendo isso para que seja algo momentâneo ou que seja uma troca de divulgação, e não isso não é algo patrocinado. O QG se importa com seus blogueiros e deseja sempre que cada vez mais eles possam estar se profissionalizando sem perder a essência, por isso queremos que a Swonkie esteja na jogada, a plataforma deles gera uma maior profissionalização para seus blogs, auxiliando na construção de post, na melhoria gigante em divulgação em redes sociais de modo simultâneo. 
https://swonkie.com/ (Se tiver alguma dúvida sobre a plataforma, pode entrar em contato pelo email qgdosblogueiros@gmail.com que estaremos respondendo ou no próprio site da Swonkie, pois a Andreia está sempre a disposição)   >> LEIA MAIS em QG dos Blogueiros stag-aquelahistoria

oeuinsolito.wordpress.com (2)

Agora sim, vamos a minha participação !

Mais do  que mera coincidência 

Eu já estava para contar essa história aqui desde de … Bom,desde que ela começou, mas talvez estivesse esperando que as coisas chegassem ao ponto em que chegaram.
*** E também devo dizer que essa tag me motivou muito a contar essa história ! ***
Mas é claro que não posso começar a contar do ponto em que está agora,então te convido a voltar comigo há uns meses atrás… como sabem estava muito infeliz no meu trabalho, e talvez tamanha infelicidade tenha sido notada por minha superior,tanto que não demorou muito para que eu fosse demitida. Por “sorte” (graças Deus na verdade),eu consegui outro trabalho dias depois da minha desejada, porém inesperada demissão rs.
Foi assim que passei a trabalhar para um Banco X, onde auxiliava em um departamento de liberação de empréstimos, em sua maioria para clientes que faziam investimentos e etc…
Quando estava prestes a completar dois meses neste trabalho (e confesso ainda com dificuldade para desempenhar minha função) um cliente surgiu em meu caminho…ou deveria dizer eu surgi no caminho dele por ossos do ofício?

IMG-20170428-WA0100
Enfim seja lá como queira compreender … eu tive de ligar para ele afim de falar sobre o empréstimo que o Banco X lhe disponibilizou, mas algo não estava certo, por um detalhe bastante importante,o tal cliente não tinha um perfil de investidor,não tinha empréstimo disponível e definitivamente não era um dos clientes seletos para estar no departamento.
Mesmo assim tentei verificar se o erro não era meu em estar ligando naquele número de celular,mas não, não era um erro meu ,era um erro do Banco … ou talvez algo que simplesmente devesse acontecer.
O tal cliente (com uma voz linda) foi super gentil quanto ao fato de que eu estava claramente atrapalhada, o que me deixou ainda mais constrangida quanto ao que estava acontecendo.
Foi quando olhei com mais clareza sua ficha onde estavam seus dados cadastrais, e vi algo interessante ali (Que não mudava em nada o fato dele ser um cliente no departamento errado … Mas enfim foi no que me atentei naquela hora, sua data de nascimento era dia 26/02/1991 . O que isso tem de interessante?
Foi o mesmo dia em que euzinha nasci!
Suspirei e contei a ele que aquela ligação teria sido um engano, gentil o rapaz me respondeu que estava tudo bem. Notei que ele era bastante tranquilo então achei legal comentar que nascemos no mesmo dia, e mais sem noção ainda comentei também que ele possuía o nome do meu ex namorado , ele comentou algo sobre, riu e nós despedimos.
Um amigo que me auxiliou a constatar que ele não deveria estar naquele departamento me disse “Fale com ele de novo! São muitas coincidências, ele era casado? Ou se pelo menos é de São Paulo? “
Eu respondi a verdade “Não! “
Então meu amigo anotou o número dele e vimos que ele era solteiro e do Rio de Janeiro.
Guardei o papel rindo da situação e decepcionada por não poder ouvir de novo a voz dele.
Provavelmente é apenas um carioca mulherengo -pensei.
Mas naquele dia quando estava na estação de metrô fui retirar minha passagem do bolso quando o papel caiu do meu bolso, e como todos ficaram olhando pra mim com olhar de repreensão, por eu deixar o papel no chão, eu o peguei. E pensei ” por que não o adiciono no Whatsapp e vejo como é o rosto do carioca de voz bonita? ”
*** Então vi a foto ( dele segurando um copo de plástico transparente com cerveja ) *** Ele não tem mais a foto, mas se tivesse eu postaria aqui ***
Percepções imediatas: 1-Ele é mesmo um carioca. 2-Ele é gordinho.3-Ele parece ser divertido, mas creduuu … (4-) ele curte cerveja, e eu odeio cerveja!
Mas a minha curiosidade é algo que não se contenta com a superficialidade de uma foto,então resolvi dizer oi .
E então aconteceu nossa primeira conversa (que foi bastante comica e gigantesca!)
Depois disso conversamos por pelo menos umas 5 horas, e mais horas no dia seguinte. E de novo e de novo… o que me fez virar algumas noites em claro mesmo tendo trabalho e faculdade no dia seguinte.
Algo importante na nossa primeira conversa que eu estava esquecendo de mencionar é que embora ele de fato fosse carioca estava em São Paulo haviam 17 dias (e eu fui a primeira pessoa o de São Paulo com que ele fizera amizade).

 

AGORA UMA PAUSA EM MEU RELATO PARA VERSÃO DO PRÓPRIO LEONARDO !

12376218_1094927477194424_5004417970657022322_n

Oi, eu sou o Leonardo, tudo bem?

Como conheci a insólita mais linda de todo o mundo?

Bom, foi mais ou menos assim.
Faziam poucas semanas que eu havia feito minha mudança para a grande São Paulo, não conhecia nada por aqui, a cozinha não tinha mesa ainda e eu estava dormindo em um cômodo vazio, computador e malas no chão, objetos pessoais encaixotados e tentando dormir em um colchão inflável gelado (entende-se iglu de ar e de pano…).

Era uma tarde desesperançosa pois havia passado dias e não aparecia uma entrevista de emprego decente, o dinheiro só saía, e eu havia juntado muito dinheiro suado para estar ali, não queria voltar para minha cidade natal tão cedo assim, para esfriar a cabeça decidi então tocar algumas musicas na minha velha companheira ( a Life sempre me ajudou a esvaziar a cabeça).

Em uma das musicas de um anime que curto muito o telefone tocou, um número estranho me indicava que alguma pessoa aleatória de São Paulo tinha meu numero e queria falar comigo, bom, vamos então por o papo em dia.

Atendi o telefone, ouvi a voz de uma moça, que parecia simpática, para minha não tão surpresa assim o banco, estava me ligando para falar de alguma suposta oferta, ela precisava confirmar meus dados mas na hora de me perguntar minha data de nascimento ela acabou a mencionando, e depois em um susto me falou que nascemos no mesmo dia (mundo pequeno u.u), depois disso ela acabou citando que eu tinha o mesmo nome do ex-namorado dela.

Comentei: -Puxa vida, aí não né!

Ela riu, lembro que eu iria comentar algo, porem parecia que não daria tempo. Depois disso ela retornou ao assunto principal, mas não sabia que oferta era essa, pois não aparecia nada no sistema dela, ela me pediu um momento e eu disse: -Tudo bem.

Enquanto ela estava fazendo algo que eu não entendia e o silêncio estava dominando a chamada, naquele pequeno instante decidi dedilhar algo em meu violão após colocar os fones no celular, pensei no momento que deveria ser algo haver com crédito ou empréstimo, eu já estava com a fala em mente pois não poderia efetuar nenhum dos dois naquele momento.

Demorou mais um pouquinho, ela voltou a linha e me disse que deveria haver algo de errado no sistema pois não havia nenhuma oferta pra mim.

Eu pensei comigo que nem o banco queria que eu ficasse nessa cidade…

Eu respondi: -Ah, tudo bem então.

 

No final da chamada me toquei em como a moça foi simpática o tempo todo e paciente, e pensei exatamente isso: -Poxa, bem que ela poderia pegar meu número, seria legal conhecer mais alguém daqui.

Mas isso não aconteceria por:

1- Regras empresariais
2- Mesmo nome do ex… que triste…
3- Mesma data de nascimento… que doideira…

Acabou que no fim da tarde eu recebi uma mensagem no Whatsapp de alguém daqui, falando sobre um dia na praia.

-Dia na praia??? Não vou a praia de dia e.e

Escrevi dessa forma, percebi que ficou uma certa pausa, pra deixar rolar algum papo eu coloquei em seguida:

-Olha, geralmente só vou a praia a noite, por causa dos luais que eu ia com uma ONG.

E isso fez a moça desenrolar o tal papo de que eu a conheci na praia, e que eu deveria ter esquecido dela “naquele dia”, eu olhei bem pra foto dela e ri, jamais teria esquecido um rosto como aquele, isso é fato.

13615201_295668134113731_8979582896943517315_n
*a tal foto 

Ela disse que estava triste e tal, e eu ainda não me lembrava, depois de muitas letras pressionadas em uma tela de led ela decidiu deixar uma pista de quem era de verdade e digitou:

26/02/1991

Seria isso o suficiente para eu saber do que se tratava?

LÓGICO QUE NÃO!

Me indaguei mais e mais sobre o que aquilo significava, pra mim era que ela sabia do meu aniversário, só isso.

Ela perguntou se eu agora sabia quem era, eu respondi que não somente mas por dentro eu queria ter escrito “deixa eu consultar aqui minha bola de cristal com fumacinha azul pra ver se isso pode dizer algo sobre o presente, passado ou futuro.” (na verdade eu cheguei a escrever algo parecido, porém apaguei, aprendam caros leitores, prudência na hora de teclar com estranhos…).
Depois disso ela gravou um áudio falando que nasceu nesse dia também…

Caros leitores, antes de prosseguir eu gostaria de deixar uma nota esclarecedora, nunca achem que por alguém ter falado com você por 10 ou 15 minutos tenha memorizado tudo que disse, pensou, ou até mesmo ouviu, também nunca obriguem a minha pessoa de tentar lembrar algo que normalmente não acontece nos meus pacatos dias de vida.
 Nota com amor e carinho…

Prosseguindo…

Acredito eu que ela tenha ficado pasma por eu não ter lembrado, eu mandei áudio a ela dizendo que eu não lembrava mesmo.

Sabe, Deus fez a minha cabeça como um computador a manivela, dê um comando e aguarde muito.

E do nada eu mando um áudio dizendo: -nããão… não pode ser…
Após alguns dias fomos nos encontrando, nos conhecendo, quando dei por mim estava encantado por uma moça tão maluquinha quanto eu já fui (ainda sou… acho…), percebi quanto somos parecidos e diferentes, e como nossos caminhos quase tiveram o mesmo rumo em várias etapas de nossas vidas.
Um sentimento cresceu entre nós, cresceu tanto que o dia 26/02 não vai mais servir somente para comemorar o nascimento de duas pessoas tão parecidas e distintas ao mesmo tempo.
Namoro? Isso seria impossível né?
Hoje em dia? Estamos ótimos, obrigado.

Bom, o restante da historia fica para outro dia.

Até mais. 🙂

…  t h e   e n d

Não sei se tem  algo haver com o fato de nós dois  sermos piscianos ( não deve ter porque embora nascidos no mesmo dia, e sendo tão parecidos em tantas coisas, não acreditamos nessa coisa de signos ), mas  vocês repararam  que nem um dos dois contou a história direito?! rsrsrs … Pois é, somos assim rsrsrsEm resumo ele me  beijou forçadamente em nosso primeiro encontro, e me mandou uma mensagem quando eu já estava a caminho de casa, dizendo que estava louco para me ver novamente. Eu jurava que a mim mesma que jamais o veria de novo, mas acredite nos vimos muito desde então ( toda essa história já possuí cerca de 8 meses),  inclusive em especial no nosso encontro de 26 de Fevereiro deste ano (2017) ele me pediu em namoro, e cá estamos: 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Foi um enorme prazer participar dessa tag (obrigada pelo convite Lua!) e compartilhar minha #lovestory com vocês !

Deixo aqui meu convite para:

Jeh  do ampulhetadossonhos.wordpress.com

Mael do deixecrescer.wordpress.com

Thiago do thiagoamazonasdemelo.wordpress.com

Jak ( minha chará ) do jkmonde.wordpress.com

Apoli do apoliland.wordpress.com

Agora borá me contar as insólitas histórias de vcs !

 

Anúncios

Que tal uma vírgula ? (O VENDEDOR DE SONHOS)

Ontem eu tive o privilégio de conferir o longa baseado na encantadora obra Augusto Cury, O Vendedor de Sonhos (O CHAMADO). E embora tenha lido o livro em meados de 2011, ao assistir vivenciei novamente as emoções que me tomaram através da leitura. O filme de fato transmiti a bela mensagem da obra.Onde o autor de psiquiatria  exalta a vida, a amizade, o perdão, e principalmente a importância da família.

Sem dúvida nenhuma, vale muito apena conferir o filme com direção Jayme Monjardim nas telonas!

Resumo: Júlio César interpretado por Dan Stulbach, era  um psicólogo renomado,  que se sente demasiadamente frustrado por não ter conseguido ajudar o próprio filho, se culta e se martiriza, a ponto de tentar cometer suicídio, mas então impedido  por mendigo bastante sábio (interpretado por César Troncoso). Nasce então uma insólita amizade  entre os dois, que passam juntos a ajudar outras figuras peculiares a colocar uma vírgula na vida, deixando para traz o ódio, as frustrações ou mesmo a dor dos que partiram.

Observação: Como a trama foi compactada em 85 minutos, não há na adaptação a  mesma riqueza de  detalhes  do best-seller , recomendo por tanto se possível antes de tudo a leitura no livro.

NOTA : 10

SENSAÇÃO: reflexiva

 

Do tipo Frida Kahlo

image

Mais uma dor e ela parte de vez
Ou não…
Já a partiram tanto,talvez suporte dessa vez
Vai vê que resiste pela força do coração

Quem sabe não é do tipo Frida Kahlo que pinta a tinta óleo sua dor
Que vê esperança onde todos vêem fim
Por ser inacreditável, vendo em tudo o amor
Diferente de mim

Que bela ela é ela que torna a vida bonita
Mesmo quando tudo é feio
Que  sabe lidar com uma vida sem freio

Que foi tão longe quando achavam que não iria a lugar nenhum.

Qualquer coisa estranha

EPSON MFP image

O amor consegue te fazer crescer
mas em algum ponto vai te fazer regredir
é a forma mais rápida de enlouquecer
Duas almas viram uma só, na melhor maneira de colidir

Nada faz muito sentido, enquanto tudo passa a ter razão
Razão é um coisa sem nexo
Num mundo em que tudo é distração
Onde tudo é nada, e nada é no minimo sexo

O amor não vai te deixar dormir a noite
Vai te fazer triste e feliz
E a qualquer outra emoção não te permite
Ele é bondoso e cruel, fica calado e tudo diz

O amor é qualquer coisa estranha
que a agente senti sem saber porque
e pode te causar uma dor tamanha
Mas no fundo é um privilegio que a vida da, e você nem vivi se passa mundo tempo
se perguntando pra que ...

 

 

PS  : CLAITON VAI A MERDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!