Um email convite para: Falsos, invejosos, intrometidos e barraqueiros

tenor

Bom dia!

Venho por meio desta postagem comunicar á vocês colegas de trabalho  que desprezo o comportamento de todos!

Voces trabalham pouco e procuram se intrometer demais na vida um dos outros, e isso já me incomoda há tempos, e ainda mais agora que é de mim que falam, e como falam …

Um fala do outro o tempo todo! E vocês estão sempre a perguntar sobre minha vida, o que faço, ou deixo de fazer, onde vou ou com quem vou, e tais  perguntas  vem sendo as pautas das últimas reuniões, e com isso concluo que em minha ausência o assunto também seja eu. 

Parem de se intrometerem na minha vida, parem com as especulações!

Mas se querem tanto assim  me seguirem, ou saber algo real sobre mim LEIAM ESTE BLOG! 

Menos barraco e fofoca, e mais leitura equipe! 

Sem mais, 

Jaqueline Bastos 

Anúncios

O médico é um monstro: Saúde pública e privada, ambas uma piada!

o medico e o monstro

Meu período ausente dessa vez,  é resultado de problemas de saúde.  Há cerca de um mês e umas duas semanas, estava no final do expediente de trabalho quando passei a sentir muita, mais muita sede, em seguida senti fortes pontadas no peito, e muita dificuldade para respirar. A dor era tão grande que me fizera gritar. Fui socorrida de imediato por um bombeiro do prédio, e levada a um hospital público. Ao chegar esperei por cerca de trinta minutos para passar na triagem, logo me deram uma injeção, o que  não aliviou em nada minha dor.  O médico pediu um raio x , o qual não apontou o que eu poderia ter. Por tanto o médico deduziu que eu estivesse  com gases.  Sim, gases! *  Eu achei o papo absurdo, mas depois li a respeito, e  descobri o que de fato de ter gases podem causar pontadas no peito, veja mais a respeito aqui.

Mas o que o médico não levou em conta, embora eu tenha lhe contato, é que acerca de dois meses atrás recebi um diagnostico de bronquite alérgica, e embora tenha melhorado da severa gripe em que estava quando recebi meu diagnóstico, sintomas como: dificuldade para respirar, cansaço para subir escadas, falta de ar diante de momentos de stress, e sonolência e fraqueza constante continuaram. 

Depois deste episódio, nas semanas que se seguiram  estive no hospital público, mais três vezes, e mais duas vezes pediram raio x (sem levar em conta que o raio x nunca apontou nada), descartam a hipótese de gases, e finalmente pediram um eletrocardiograma, o qual também não resultou em nada. 

charge_falso_medico

Minha maior queixa sempre fora a dificuldade de respirar, por tanto o médico (dessa vez um mais atencioso ao que eu A PACIENTE dizia) suspeitou de que eu pudesse estar tendo PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS *  Foi difícil chegarem a essa conclusão, mas após uma saga de filas do SUS, lá estava eu rumo um diagnóstico!  \o/ 

Masssssssssssss, o encaminhamento que o médico me dera para finalmente ir ao pneumologista, quando levado ao  posto de saúde do meu bairro, só me  reservaria consultas para Março. 

Para contornar a demora, mediante a urgência (pois ficara pior)  solicitei o convênio médico Intermédica. 

E aqui vão minhas queixas a respeito do convênio: 

1-  Quando liguei para agendar minha consulta fora me passado o telefone de uma clinica no Tatuapé, a qual  nunca atendia as minhas várias chamadas. *  Deduzi que a clinica não funcionasse mais (isto após pesquisas no Google), e confirmei após a segunda ligação quando uma das atendentes disse claramente ” A clinica  X não opera mais como nossa parceira ”. 

Ou seja me passaram um contato inválido !

Parabéns Intermédica, imitando a esperteza e agilidade do SUS! 

FICA A DICA: Para ser feita de boba, opte pelo SUS, assim você só perderá tempo e não  TEMPO E DINHEIRO! 

2-   Quando finalmente me passaram contatos válidos,  entre eles estava  o Instituto Médico Salete S/C – Santana, localizado na rua: Rua Doutor César, 62, An 1Cj 12, Santana, São Paulo – SP, CEP: 02013-000 .

Devido a proximidade da data para ser atendida,  marquei minha consulta no Instituto, e esse foi um péssimo erro! Pois o ”Dr.” Tito Cesar dos Santos Nery CRMSP -34168 , nem se quer me examinou. A ”consulta” durou menos que  5 minutos ( sim eu deixei o cronômetro ligado, e o Tito conseguiu superar o SUS ).

Ao me sentar frente a sua mesa (o que soubesse que seria tão rápido nem teria feito), ele me  disseEu sou chato, muito chato, gosto de conhecer meus pacientes, por tanto se prepare vou pedir muitos exames!

459af93dc77f1725f7c354d4837480f7

Não questionou meu histórico, ou mesmo meus sintomas, e quando eu tentei falar fui interrompida. Ele apenas perguntou se eu tinha coceiras nas dobras dos braços , ou nas dobras dos joelhos, perguntou se eu tinha alguma alergia, manchas ou  bolinhas em alguma parte do braço, já revoltada pelo descaso e as perguntas sem sentido eu apenas respondi  ” Não e não ! “

*** Mais tarde eu entendi que ele queria mesmo era me fazer agendar mais consultas caras  no tal Instituto  pois lá prestam atendimento com DERMATOLOGISTA também, entendeu? ***

Ele  me encarou e perguntou ”Você é descendente de árabe?” , e eu até achei que fosse brincadeira pois não faz o menor sentido esta pergunta! Depois passem lá no meu instagram @jaqueinsolita e voltem para dizer o qual árabe pareço … kkkkk só rindo! 

roupas-muculmanas

Ele disse também que meu nariz  protuberante, poderia ter  TALVEZ ,QUEM SABE  DESVIO DE SEPTO ! 

E para concluir os três exames sem sentido pedidos, ele disse, seus exames vão sair com preço de tabela pois não fazem parte do seu convênio,  Mas recomendo que marque todos conosco, dessa maneira é mais assertivo e caminhou até a porta para abri-la.

Eu continuei sentada e o questionei ” Até lá ? ”

Ele voltou a sentar assustado com minha indignação, e disse ” Não posso receitar um medicamento sem ter seu histórico! ”

Eu apenas respondi eu  ” Tentei lhe contar meu histórico, mas o sr parece estar com pressa. Nesse caso enquanto o SUS me assisti morrer, o convênio apressa minha morte! Obrigada ”  

Apertamos as mãos, e fim de consulta! 

Vou denunciar esse médico em todos os meios possíveis, pois é um absurdo que o mesmo carregue consigo  um titulo de pneumologista, quando na verdade se quer sabe conduzir uma consulta. 

É DEPLORÁVEL  VER QUE A SAÚDE ALÉM DE SER IGNORADA PELOS GOVERNANTES QUE SUSTENTAM O DESCASO DO SUS, MESMO NA SAÚDE PRIVADA EXISTEM ”MÉDICOS” 0 QUE MONSTRUOSAMENTE FAZEM POUCO CASO DOS PACIENTES. 

Até o momentos continuo sem meu diagnostico, e  lamento que minha guia para passar num pneumologista de verdade, tenha ficado retida por conta dessa porcaria de consulta. 

Parece que esse é só o começo de uma saga, e  por isso aqui começa  a nova série do blog!

 

 

União feminina   x Mulheres odiosas

jealousy

Bom dia insólitos (as)!  

É com imenso desprazer que venho tratar de um desses assuntos chatos sobre ser mulher, e acredite desta vez não tem nada a ver com homens rsrs…

Mas tem  tudo a ver com nós, M U L H E R E S  !

Vou falar da quase extinta União Feminina  e o grande mar de ódio das  Invejosas / Mau amadas / Recalcadas  ou como dizem as funkeiras AS INIMIGAS !

Ontem me ocorreu uma situação bastante chata que demonstra bem que existem mulheres boas e mulheres más.

Estava na plataforma do metro, e usava um vestido um pouco aberto na parte de cima das costas, o que podia fazer com que sem querer deixasse meu sutiã á mostra.

Do meu lado havia uma mulher de uns trinta anos, alta, bonita, usando um vestido longo, e  que por alguma razão me olhava muito.  Até que de repente ela veio rindo até mim e disse ‘’ MOÇA SEU SUTIÃ ESTA APARECENDO, E PIOR ELE ABRIU! DEIXA EU ARRUMAR PRA VOCÊ!  ‘’

Eu agradeci, e ingenuamente permiti que ela arrumasse o que estava errado. Entrei no metro, e veio até mim uma moça (de uns vinte anos no máximo), de estatura mediana, gordinha, e também muito bonita e disse revoltada ( enquanto encarava a tal moça alta e “prestativa”  )  

 “ Moça seu sutiã está colocado errado e está totalmente para fora !

sutia-spikes

Meu sutiã já havia dado o que falar, e acabou virando uma anedota sobre a miséria feminina, então vesti minha jaqueta e esperei até chegar ao trabalho para ver quem estava dizendo a verdade. E para minha surpresa a mulher mais jovem estava certa, a criatura de trinta e poucos tentará me ridicularizar, a troco de que não se sabe ao certo, mas pode ser que os motivos ultrapassem a compreensão humana. 

O tempo todo mulheres se digladiam para serem as mais bonitas, as mais isso ou aquilo, mesmo que para isso precisem humilhar ou sabotar umas as outras. E mesmo quem assim  como eu, não tem interesse nessa guerrinha ridícula, acaba por ser “vitima” dessas atitudes estupidas.  

Como se ser mulher na sociedade atual já não fosse difícil, ao invés de se unirem  essa massa de idiotas ainda querem brigar por um pouquinho de atenção. E daí eu pergunto, quer atenção pra que ? Pra enfatizar o corpo e enaltecer a própria cachola vazia?

Tenho medo da resposta .

Mas deixo aqui meus sinceros agradecimentos a garota que viu o que fora feito pela mulher mais velha. 

Obrigada, o mundo precisa de mais pessoas como você! Sobretudo mais mulheres que se indignem diante da patética guerra do sexo frágil emocional.

Nunca mais

74ed2c90a89a92e3061fa2fe8ba407e9

Me desculpe por falar a verdade, e dizer que andei enganada acerca de   tudo

Me desculpe por te deixar cair, e não estender as mãos

Me desculpe pela flecha certeira no seu peito, e também  pela tarde fria regada a lagrimas

Me desculpe pelas milhas e milhas de palavras ao ar nublando seu caminho

Ah, por favor me perdoe por ser tão cruel

Por partir  e deixar a porta entre aberta, e nunca, nunca  mais voltar

Passageira

large

Sou passageira, sou  culpada e refém, sou peça do tabuleiro, fora do jogo há muito tempo

Não pude arriscar, não me deixaram tentar

P O R Q U E 

Nenhum lugar  no passado fora  confortável demais para abrigar o queimar das chamas

Nenhuma trilha de migalhas me levou a  uma ilusão que durasse mais do que alguns segundos

Nenhum um outro caminho que não seja o Seu

conseguiu guardar  o que levo comigo …

 

 

O hoje

HWA39417_6f4fe974-1f9f-4936-9f89-3a49e83178bd.images.400x400

Hoje eu não vou pensar na paixão avassaladora da juventude que me escapou pelos dedos, e se casou com alguma mulher muito diferente de mim. Hoje não vou fazer contas, e ver se ainda tenho sanidade suficiente para o futuro. Não vou me pesar, não vou ao médico, não vou pensar na morte. Hoje não vou calçar nada, mas pretendo caminhar, ou quem sabe voar. Ir para qualquer lugar longe daqui, que não seja nem o passado e nem o futuro. Quero estar acima do tempo, quero ser livre da prisão dos calendários e das memórias.
Só hoje não vou sentir saudade da infância, vou ser complacente com o que quer que seja. Não vou julgar, não vou gritar, não vou pensar nos que me fizeram bem, nem nos que me fizeram mau, não vou pensar em trabalho, amor ou comida. Vou sucumbir na ideia do que posso ser no eterno. Vou me desfazer até sumir, não vou sentir frio, nem sono. Não haverá saudade que dói, nem carta ou email a esperar. O despertador não tocará, eu não vou dormir, nem despertar. Não vou viver dentro de um conto, ou morrer atravessando a rua. Vou ser o sempre, porque quis assim.
Vou voltar como se nunca houvesse partido, vou chorar um pouco e confessar, que mesmo desejando estar em qualquer outro lugar sempre estiver no hoje.