Desabafos de quem fora míope perante a vida

tumblr_mdloyddihk1qky33ro1_500

É uma confissão dessas que me sinto  realmente  coagida por minha consciência  a fazer  a mim mesma … pois só assim sou capaz de admitir meus erros e aprender com eles.

É um tanto quanto insólito falar sobre isto, mas é extremante preciso, porque é extremamente necessário corrigir rotas!

E para tal correção é necessário enxergar bem os caminhos perante mim, e é justamente ai que entra a insólita analogia com a miopia …

Tendo sido diagnosticada na semana passada com miopia e astigmatismo, eu fiquei pensando em todas as minhas características sempre comentadas entre amigos e familiares que eu nem imaginava terem sido resultado do meu problema de visão ( eu realmente julgava enxergar muito bem ) .. mas andava sempre olhando fixamente para baixo temendo tropeçar ( pois as vezes me parecia que  o chão estava  mais abaixo ou acima do que estava realmente ), com isso fui sempre chamada de cabisbaixa! 

E também tem as características  como:  coçar muito os olhos (e borrar a maquiagem), seguida de olhar fixo e de olhos semi cerrados para olhar as pessoas enquanto elas falam  ( ou mesmo virar um pouco a cabeça para tentar focar melhor o rosto delas )… essas pequenas coisas toscas que formam a imagem que as pessoas fazem de quem sou.

Mas não eu não ando cabisbaixa porque sou triste ou tímida !

Minha maquiagem não vive borrada porque  chorei, ou porque sou extremamente sem noção ( embora até seja sem noção ) !

E sobre  tentar focar em você enquanto você fala, mantendo os olhos semi cerrados com cara de esforço … é porque eu não sei qual imagem de você é real, pois vejo dois ou mais  as vezes …

tumblr_ncojkyvx5w1rdpl7so1_500

Se levou em conta essas coisas,  você que enxerga bem, me viu de fato, mas não me conheceu … Mas não lhe julgo, pois nem eu mesma me conhecia. Nem eu mesma sabia que tudo isto era um problema de visão … 

As terríveis dores de cabeças da chamada garota enxaqueca… tudo poderia ter sido evitado se não abandona-se meu óculos na infância … pensei que até que se os usasse talvez não tivesse sofrido o acidente que me mudou tanto … 

Não apenas míope, mas tendo uma visão igualmente míope perante a vida, fiz tantas escolhas erradas, errei tantos caminhos … E claro, eu não quero me lamentar sobre, mas eu não vou fujo da  possibilidade que muitas coisas teriam sido diferentes. 

tumblr_mvyezwlf6h1qzcq51o1_500

Dificuldade de enxergar se submetida a muita luz

Dificuldade de me concentrar na leitura, por me perder nas linhas 

Dificuldade de ver as coisas como elas realmente são, sem saber onde realmente estão

Dificuldade!

Sim, é bem verdade que tudo se deve ao meu problema de visão, mas fez de mim quem eu sou, e se corrijo isso mudo inevitavelmente quem sou e como as pessoas passam a me enxergar!

As vezes foco tanto em uma coisa/situação/ alguém que  o resto do cenário a minha volta fica todo nebuloso… há vezes mesmo fora do trabalho, penso tanto no trabalho que é como se estivesse ainda dentro dele. Há vezes que amo tanto algo que me perco de mim … sou de forçar a vista e também o coração…  desejo enxergar o que aparentemente vejo, mas não vejo… Desejo sentir ao máximo, o que talvez não deva!

Eu vivo num abstrato, e não sei como sair dele!

Embora saiba que devo sair dele …

Preciso aprender a ver o todo, nem que pra isso precise me submeter as lentes a mudança de hábitos, de forma tal a ser outra ( embora sendo sempre eu … )

Certa vez vi um rapaz, e foi como dizem AMOR A PRIMEIRA VISTA, o problema é que estava bem mau da vista … ela não era como pensei ter visto ( ninguém nunca é … as vezes são melhores, mas na maioria das vezes piores!) …

Me pergunto se foi a imagem dele que me enganou, ou se por vê-lo com meu coração míope  me enganei …

Não sei!

Nunca sei …  por isso minha vida é repleta de reticencias!

Eu tive que me apoiar em suposições, porque não era capaz de enxergar as coisas como elas realmente são …

E quem supõem muito tem esse hábito de filosofar até quando vai ao oftalmologista.

Bem-vindo ao mundo!

Eis aqui quem sou de verdade através do que vejo ( e principalmente do que não vejo! )

 

Quatro olhos

7905700708_1c6a53eefb_b

Pra variar irei iniciar o post justificando minha ausência, mas acredite as últimas semanas foram realmente muito complicadas … 

Fui acometida por tonturas, fortes dores de cabeça,  e recebi uma enxurrada de pressão psicológica, além é claro das obrigações no trabalho e as tarefas da faculdade que foram se acumulando, e tornando tudo ainda mais complicado!

Fui a alguns médicos, fiz exames e mais exames, e a boa noticia que foi dada é de que dessa vez ( pela primeira vez! ) meu sangue não deu nem se quer indícios de anemia \o/ !

No entanto, recebi a desagradável noticia que ando com a glicemia muito baixa, o que justifica parte dos meus sintomas. 

Os médicos descartaram a terrível hipótese de diabete ou mesmo labirintite, mas como já falei antes por aqui, temi que pudesse se tratar de alguma sequela do meu TCE …

Mas havia outros sintomas ( como olhos secos, vista cansada e  consequentemente  grande dificuldade para ler * O que me prejudicou bastante no trabalho e nas tarefas online da faculdade, além de me distanciar daqui! ) … tais sintomas me levaram a acatar as ordens médicas e ir ao oftalmologista, o qual constatou  minha miopia  seguida de astigmatismo !

De todos os males, o menor, vou ser uma garota  que usa óculos daqui para frente! 

Mas daí se iniciou uma crise profunda chamada ” POR QUE EU? EU ODEIO ÓCULOS!

Mas como os problemas de visão não escolhem as pessoas com o rostinho perfeito para a combinação de lentes e armação, filha de mãe e pai que usam óculos chegou minha vez de ser uma quatro olhos.

Eu temi tanto esse ”QUATRO OLHOS! ” que mesmo tendo meio grau de miopia em cada olho, abandonei meu óculos feito na segunda série no inicio da terceira, o que resultou ( como disse o oftalmologista ) no aumento da minha miopia, que agora está acompanhada de astigmatismo!

Por tanto, mesmo tento fugido por anos das lentes, as benditas me acharam ! E agora ( mas especificamente nesta sexta-feira 09/09/16 que é quando meus óculos ficam prontos ) serei oficialmente uma QUATRO OLHOS!

  • Sobre a glicemia o médico reforçou os cuidados com a alimentação, principalmente agora com a correria do trabalho e da faculdade. E foi enfático na importância do café da manhã reforçado, e na minha teimosice de não comer feijão e carne.
  • Já oftalmologista recomendou exercícios de lubrificação natural dos olhos, piscando muito ( como uma maluquinha! ) . E me deu  o exercício de olhar para LONGE ( algo que falo melhor por aqui em breve! ) 

E é isso, a vida segue daqui ! 

Moral da história: Certas coisas do tempo do colégio irão te acompanhar pra sempre rs

Mais sobre em Desabafos de quem fora míope perante a vida

Cumplice

 

artist-profile-templateCostumava achar tão brilhante a armadura do seu disfarce 

Admirava  a astucia dos seus planos traiçoeiros, e até me inclinava a ideia de ser uma peça no seu tabuleiro cheio de trapaças 

Saboreava as delicias amargas do seu ódio desprovido de sentido, e até quis destronar os reis para coroa-lo 

Desperdicei meu tempo também, e tudo por sua causa

Pois costumava achar tão brilhante a armadura do seu disfarce 

E ofuscada pelos enganos fui cúmplice do seu crime contra mim 

Inocente e culpada 

Sua, enganada e manipulada

Costumava achar tão brilhante a armadura do seu disfarce  …

 

Mais do mesmo em linha reta

20050-front

  • Mais do mesmo :  Sobre não ser uma ‘’blogueira’’,  Geração Panico e  revolucionários de poltrona

Eu demorei muito pra criar um perfil no Facebook ( na verdade quem fez um pra mim foi minha irmã), e demorou mais ainda pra mim ter um acesso frequente no perfil criado. E quando passei a  usa-lo de fato achei uma droga e  deletei imediatamente ( o que foi a primeira tentativa de evita-lo), mas depois de um mais ou menos dois anos  eu voltei , deletei de novo e depois adivinhem, voltei!

Hoje em dia cumprindo a promessa de fazer uma página quando o blog chegasse aos 1.000 seguidores, tenho até uma página bobinha por lá  com meia dúzia de curtidas.

Já sendo mais tolerante rs,  compreendo que o  problema não é o Facebook, a ferramenta  é muito boa, e pode ser uma maneira muito eficaz de comunicação se bem utilizada.

Eu já falei por aqui antes sobre  o comum mau uso dessa rede social e como isso tem afetado algumas pessoas: 

Mas hoje eu gostaria de falar sobre  outras questões a respeito que andem notando, algo além do que apenas o mau uso, se trata dos indivíduos   por trás disso tudo, se resumindo em  postagens de foto  com frases de impacto,  propagando o sensacionalismo, ridicularizando qualquer um a troco de um like, ou expondo sua ‘’felicidade’’ pra se sentir gente.

O  Facebook assim como qualquer outra rede social é um reflexo  da sociedade, e se acha que eu estou exagerando, pense bem !

Seu Facebook é um resumo sobre quem é  você ( se é que você é  realmente você por lá ), seu perfil online com informações suas descritas através de sua s postagens. Compreende-se que o conteúdo delas deva ser  o reflexo da sua personalidade, o que gosta, o que talvez não goste, suas fotos, seu  registro  de algo que considera importante, suas palavras, por fim um pouquinho de você!

Mas o que vemos?

Mais do mesmo!

Eu acho que existe uma expressão que resume bem esse ‘ MESMO ‘, eu  poderia dizer que essa é  a geração liquida a qual Zygmunt Bauman se refere em seus livros, mas prefiro usar meu termo chulo ( que creio fará total sentido pra muita gente)  Geração Panico Na Tv !

O programa é   péssimo, mais deve dar audiência, digo isso porque o comportamento de muita gente é baseado nele.

  Humor pobre (A geração Panico na Tv ) e outras misérias

276244_Papel-de-Parede-Meme-I-See-What-You-Did-There-Com-Close_1920x1200

Personalidade! Se você tem por favor use!

Foi se o tempo em que seu cabelo, sua roupa, seu óculos, seu tênis era uma maneira de se vestir demonstrando sua personalidade. Hoje em dia  a maioria quer ter o corpo, o cabelo, as unhas, a roupa, a vida de uma panicat !

E quem não pode? Tenta, tenta pelo menos no Facebook ser assim.

O que explica aquele monte de fotos iguais, de ‘’vidas’’ tão similares e vazias.

Opinião!  Se tiver use adequadamente ( e pelo motivo certo) !

É só esperar um tema bem polemico e sensacionalista pra tratar de fazer seu post opinião, recheado de argumentos falidos de quem nem leu uma matéria ( viu na tv ou na UOL um vídeo sobre e olhe lá !) .

E depois esperar por likes !

Mais se você nem quiser ter o trabalho de escrever, é só esperar por uma foto com  alguma frase de impacto sobre e daí com um click você COMPARTILHA!

A ideia que não é sua, mais serve ! Afinal de contas expressa bem o que você quer dizer!

lec3a3o-no-espelho

Tem umas três  semanas  que participei de uma reunião de trabalho, onde a gerente tentava expressar a ideia de que os colaboradores da empresa precisavam se valorizar, ter mais alto  confiança,  e consequentemente mais garra.  Mas ela não conseguia dizer isso, ela tentou mais não conseguia mesmo!

Então disse ‘  Alguém aqui já viu aquela foto no Facebook de um gatinho se olhando no espelho se vendo um leão? É  isso que estou tentando dizer, vocês precisam se ver um leão !’

images

Quando  as frases prontas do Facebook começam a expressas suas ideias/sentimentos/opiniões  mais do que você mesmo conseguiria , isso é muito serio!

Até quando vão deixar  que te roubem  sua expressão/voz,  sua personalidade/individualidade?

O perfil é seu, seja você!

Você de verdade não mais um tentando se enquadrar na massa,  trocando sua essência por uma porcaria de um like!

tumblr_inline_mub46jcP4v1so75ri

Que se danem os likes! São apenas cliques, não significam nada, absolutamente nada!

Essa carência de reconhecimento, essa necessidade de  alto afirmação, o desespero por fazer parte de  algum  padrão, isso é o que mais vemos nas redes sociais/NA SOCIEDADE ATUAL.

279570_Papel-de-Parede-Meme-Facepalm_2560x1440

Esse humor pobre sobre tudo e todos, onde pessoas são expostas, ofendidas e ridicularizadas porque alguém achou conveniente publicar/compartilhar um foto, é mais do que simplesmente cruel, é medíocre!

É igualzinho o tipo de humor do programa Panico, sem sentido, sem noção do que é desrespeito, e pior sem graça!

tv

 

Algumas pessoas me perguntam por e-mail se não tenho medo de expor minha opinião., se sou de verdade rsrs ou se meu blog é de uma personagem ( igual a outros tantos personagens na internet).

E não eu não tenho medo de expor minha opinião, mais teria medo de não ter uma opinião.

Não acho que minha personalidade seja das melhores ( estou sempre encontrando coisas pra melhorar em mim), mais fico feliz de ter uma personalidade seja ela como for.

Porque faz com que eu não seja mais do mesmo!

Quando escrevi o post Mundo tóxico, estupro coletivo e a audiência da dor alheia , algumas pessoas comentaram aqui no blog e outras por email, dizendo que vi a situação por uma ótica bem diferente.

Mas eu pensei ‘ Todo mundo tem uma ótica própria ( e era obvio que o assunto se iniciou com o estrupo sendo propagado na internet), se a maioria está vendo tudo da mesma perspectiva significa que todos estão  realmente ficando iguais. ‘

E eu realmente não entendo!

Não entendo porque fazer parte da  geração panico, quando  você poderia ser apenas você,insolitamente você mesmo(a) !

O sujeito que assume que perde as vezes ao invés de sempre ganhar. Que num é perfeito, mais é humano, e sendo humano tem sua identidade nesse mundo! E não precisa ser príncipe ou princesa, rei ou rainha dos likes, só precisa ser você mesmo!

De modo que agregue ao mundo seus pontos de vista,  sua percepção da vida, ou ao menos ser quem colore os cenários em preto e branco da mesmice  com a  atuação seu  do verdadeiro eu.

Pra que fazer parte da repetição do inútil, se você  ( só você ) consegue a  qualquer momento ( se quiser ) revolucionar seu mundo, e com isso mudar algo de fato através de atitudes?

Como alguém que usa parte do tempo para compartilhar algo na internet, eu fico muito feliz quando uma postagem ( uma mera frase) com alguma uma experiencia minha  proporciona a alguém uma minima reflexão sobre algo. Sabe, pode ser que pouquíssimas pessoas me leiam e das que leem só duas ou três prestem realmente atenção, mas vale apena, ser  eu mesma mesmo sabendo que isso não da ibope rsrs!’

Algumas pessoas me sugerem ser  ‘’Blogueira’’ falar sobre outras coisas, assuntos menos chatos do que sobre como contorno meus problemas,  ou pensamentos utópicos sobre uma sociedade menos liquida. Mas eu não sei evitar ser a garota sem likes, eu comemoro  as visitas nas postagens de resenhas de livros que eu achava que só eu tinha lido rs, e se recebo um email estranho sobre algum ( dos vários) post excêntricos, eu penso  ‘ Não estou na geração panico, não agrado os revolucionários de poltrona ( já que posto experiencias ) , sou provavelmente só mais uma estranha na minoria’

E quando a maioria é  droga,  é mais do que nunca um grande  prazer, ser  apenas eu.


Facebook é reflexo da sociedade, diz pesquisadora da UFMT

A SOCIEDADE DO FACEBOOK QUE ANDA EM LINHA RETA

Dicotomia (Filosofia,Teologia) e partes de mim

  … Continuação da postagem 17:59

coro e alma

Durante o período  que citei no post anterior, quando busquei conversar com alguns amigos sobre como estava me sentindo, eu tentava me lembrar de uma palavra que expressava exatamente o que sentia estar acontecendo comigo.

Eu me lembro que  em alguns anos atrás tive um sonho com essa palavra, era algo iniciado com ‘ D I  ‘, era só o que me lembrava. E seu significado era estar confuso entre se realizar  no plano terreno  e/ou manter sua alma livre de condenações (pelo menos era o que meu sonho queria dizer).

Ninguém conseguia me ajudar a descobrir a tal palavra, nem mesmo as pesquisas no Google estavam me ajudando. Mas ter um pai teólogo ajuda muito ! rsrs

Dicotomia de dicótomo. s. f., divisão em duas partes; classificação que se baseia na divisão e subdivisão sucessiva em dois; fase em que a Lua apresenta metade do seu disco. Bem e Mal

[Do gr. dichotomía.] Substantivo feminino. a

  1. Método de classificação em que cada uma das divisões e subdivisões não contém mais de dois termos. [Cf. politomia.]
  2. Repartição dos honorários médicos, à revelia do doente, entre o médico assistente e outro chamado por este.
  3. Astr. Aspecto de um planeta ou de um satélite quando apresenta exatamente a metade do disco iluminada. [Ocorre na quadratura.]
  4. Lóg. Divisão lógica de um conceito em dois outros conceitos, em geral contrários, que lhe esgotam a extensão. Ex.: animal = vertebrado e invertebrado.
  5. Bot. Tipo de ramificação vegetal em que a ponta do órgão (caule, raiz, etc.) se divide repetidamente em duas porções idênticas, e que é próprio dos talófitos e briófitos, sendo muito raramente observado nas plantas floríferas; dicopodia.
  6. Teol. Princípio que afirma a existência única, no ser humano, de corpo e alma.

tumblr_static_16o871rigwrkkss4k04c4og8s

FILOSOFIA
A dicotomia corpo/alma possui uma problematização muito antiga que começa há mais de quatro séculos antes de Cristo, onde na maioria filósofos gregos (principalmente Platão, Sócrates e Aristóteles) viam a alma como o lugar privilegiado da razão, da sabedoria e da ciência. Eles com suas teorias optam pela mente, e ao corpo constroem significados que diminuem sua importância na sociedade da época. O corpo então é visto como secundário ao progresso humano que levava a alma ao erro e ao enfraquecimento do pensamento.

Platão também possui uma grande afinidade pelas coisas não materiais acreditando na existência de um mundo de ideias onde o nosso conhecimento sobre a realidade seria apenas uma cópia da verdade sobre as coisas. Nós estamos apenas percebendo as sombras das coisas e não o real que seria a ideia das coisas.O conhecer seria apenas um reconhecimento já que estamos sempre reencarnando.

A transcendência da alma criada pelos filósofos idealistas, de certo modo cria uma maneira de ver a vida que influenciava diretamente sobre a inferioridade do corpo. Este corpo esta a serviço da alma submisso a interesses divinos e, sobretudo deverá passar por várias vidas mundanas para alcançar e purificação necessária à evolução espiritual.

A dicotomia alma/corpo perdura com vários outros filósofos da antiguidade em todas as partes do mundo mostrando a dificuldade de aceitar o corpo como situação e necessidade de manter contato com a realidade, e definir suas percepções e subjetividades dentro das relações entre homens e natureza.


TEOLOGIA 

Com base nas Escrituras Sagradas buscam definir a formação da natureza humana em DICOTOMIA ou TRICOTOMIA.

E existe uma divisão de pensamentos dentro da tradição cristã, meu pai acredita que cada um de nós é CORPO, ALMA e ESPIRITO. O argumento tricotomista é que se a Bíblia utiliza palavras diferentes para se referir ao aspecto imaterial na constituição da natureza humana (espírito e alma), então o homem deve ter uma alma e um espírito, além do corpo.

Os dois versículos que são muito utilizados pelos defensores da tricotomia, são : I Tess 5,23: “O Deus da paz vos conceda santidade perfeita. Que todo o vosso ser, espírito, alma e corpo, seja conservado irrepreensível para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo!”
Lucas, 1, 46-47 “Minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria”

A teologia católica entende que o homem é formado de Corpo e Alma, sendo assim um ser material e espiritual, a exemplo das elucidações das Sagradas Escrituras como durante a narração da criação do homem por Deus, “O Senhor Deus formou, pois, o homem do barro da terra, e inspirou-lhe nas narinas um sopro de vida e o homem se tornou um ser vivente.” Gen 2,7; vale observarmos que Deus formou o Homem do barro, ou seja, trata-se do corpo e inspirou nele sopro de vida que o fez ser vivente, ou seja a alma que anima o corpo.
São estes os  dicotomistas que acreditam que o ser humano é dividido em duas partes: corpo e alma (sendo que para eles, alma e espírito sinônimos).


 Esse vídeo apesar de bastante breve resumi o que  foi colocado até aqui:


Partes de mim

A ideia dicotomista é melhor compreendida pela minha maneira de me enxergar CORPO e ESPIRITO/ALMA.  Mas possa ser que uma compreensão  mais elevada a cerca de mim mesma e as coisas espirituais, me revele no futuro uma compreensão de fato sobre a tricotomia.

Até  lá  assim como vimos os filósofos gregos que acreditavam que o corpo estava a serviço da alma que era submissa aos interesses divinos, eu vou buscar pra mim coisas maiores que as temporais.

C o n t i n u a …


Fonte : https://pt.wikipedia.org/wiki/Dicotomia
Fonte: http://www.teologiaexpressa.com/2015/03/natureza-humana-o-homem-e-dicotomia-ou.html
Fonte: http://www.veritatis.com.br/doutrina/a-palavra-de-deus/967-corpo-e-alma
Ler também: http://giulianofilosofo.blogspot.com.br/2009/09/corpo-e-alma-em-platao.html

17:59

tumblr_m9hrwezBio1rnbzgeo1_500

Esse ano vem sendo no mínimo diferente pra mim.No início do ano, lá no dia 1 de Janeiro,eu acordei bem cedo (nem aguentei de sono muito tempo depois da virada) porque tinha de ir ao trabalho. E por falar em trabalho dois meses depois, estava em outro emprego (ou seja em dois).
Até que recebi um convite de trabalho que pareceu  tentador, e então deixei meus outros dois empregos ( mas isso foi muito mais do que sair de empresas, me fez abandonar  uma rotina,amigos e eu arrisco dizer um eu que se perdeu ).

Quem acompanha o blog sabe que fiquei doente e isso estava me prejudicando nas minhas atividades,e foi uma das razões que me fizeram aceitar a nova oportunidade de trabalho sem pensar.E então visando minha saúde,e finalmente uma ascensão profissional e dinheiro, eu mergulhei de cabeça nesse novo trabalho.
Acabei viajando e conhecendo pessoas,indo a lugares que nunca havia ido antes, e claro passado horas num escritório imaginando o que estava acontecendo fora daquelas paredes. É eu estava infeliz,muito infeliz eu diria.

Algumas pessoas juram que nasceram pra se sentarem naquelas cadeiras giratórias e fazerem cotações, acordos e contratos, outros dizem que são movidas pelo dinheiro que isso proporciona, pois o que ele pode comprar é sua maior motivação.

Mulher-cansada-no-trabalho

 

Mas sentada ali eu ficava tentando imaginar os estranhos na rua caminhando numa tarde ensolarada,ou quem sabe enfrentando uma terrível chuva. Algum vestígio de vida,qualquer coisa além de metas e papéis,e então eu contava cada minuto até as dezoito horas enquanto presumia que ainda existia vida real lá fora.

As 17:59 sentia meu coração saltar,o coração que durante oito horas me impediam de usar estava pulsando de novo,já não era mais um robô,estava aliviada e feliz.

Voltava pra casa sendo eu mesma de novo, mas estava cansada, e só de pensar em ter de voltar no dia seguinte,no outro e no outro até o fim de semana eu já me entristecia.

No almoço as colegas de trabalho falavam sobre como a hora de almoço passa rápido enquanto a última hora para as dezoito  parecia ser uma eternidade,se queixavam dos gerentes,da empresa,do salário,dos maridos,dos  filhos,enfim da vida.
Falam mais do quanto eram infelizes no trabalho,fosse viajando ou no escritório,e fartas de serem infelizes se cabavam umas às outras de beber muito no fim de semana (o que pra mim só mostrava ainda mais o quanto são infelizes) e planejavam a próxima balada ou passeio.

Eu ficava calada  a maior parte do tempo,não sou casada e não tenho filhos o que elimina a maioria dos assuntos em comum com elas,não  bebo e não sei esperar até o final de semana para encontrar uma válvula de escape. Eu escrevo,me apaixono,desapaixono,escrevo, vou ao cinema,leio, sujo telas,vejo filmes na Internet,mantenho esse blog no ar,imagino historias e sonho que elas posam ser reais. Não preciso beber pra “lidar”  com algum trauma,me divertir ou ficar “bem”. Levo minha vida entediante enfrentando meus demônios e arrumo tempo pra divertir de verdade  (do meu jeito) apesar dos pesares.

Mais eu ficava ouvindo elas,e pensando no porque estava tão infeliz e não achava uma resposta sobre.

Me esforcei e quis “amar” o que fazia,mais aquilo no máximo me proporcionaria dinheiro(depois de muito dinheiro a empresa claro).
Foi quando comecei a me dar conta que estava vivendo uma dicotomia,meu corpo vivia pra cumprir obrigações de uma agenda,enquanto minha alma berrava ‘O que você está fazendo? E por que ?’

Eu conversei com algumas pessoas sobre,e pensei ALGO ESTÁ MUITO ERRADO.POR QUE NÃO CONSIGO FICAR FELIZ COM A ESCOLHA QUE FIZ?

Meu corpo estava farto de ter que se parecer com uma máquina programada pra trabalhar de segunda a sexta , enquanto meu espírito me enchia de perguntas sobre minha alma estar perdida em algum lugar onde perdi também meus reais objetivos de vida.

Sabe,o problema não era o cansaço e o desgate, eu sei o que é  estar cansada por trabalhar em dois empregos,era algo que me fazia mau interiormente.
Eu me via triste a maior parte do tempo,e pensava na vida e nas pessoas que deixei pra trás (uma delas meu muro inspirador),senti saudades de todos os amigos,do caminho por onde ia, e de quem eu era e o que sentia.

Alguns meses atrás eu era uma garota apaixonada,determinada e feliz apesar de ter estado adoecida e cansada.E me vi na mesa daquele escritório tendo de buscar na mente o que era estar viva.

Eu não trabalhei no meu último dia naquele escritório,eu fiquei imaginando como iria fazer pra pedir as contas (sabendo que não ia pedir ),imaginei a reação dos meus pais por me verem abrir mao de uma boa oportunidade (E nem na minha imaginação eles aceitavam bem).

Peguei meu celular  faltando alguns minutos para  ir embora,e escrevi pra mim mesma :

ISSO É TEMPORAL,É O QUE VOCÊ QUER?
A OMISSÃO ACABA PARECENDO SER O PARAÍSO, MAS É  SÓ UMA QUESTÃO DE TEMPO ATÉ O INFERNO INEVITÁVEL PRA ONDE ELA TE LEVA!

Senti como se houvesse sido golpeada no estômago quando li essas palavras.

Dicotomia!Eu acho que a outra parte de mim falava comigo.
É isso é bem estranho, 17:59 peguei minhas coisas e ia saindo quando a gerente me chamou pra conversar.

E finalmente aconteceu, fui demitida ao invés de pedir as contas (como costumo fazer,só esse ano duas vezes),em resumo ela disse que sou fantástica  (é ela usou essa palavra *fantástica, e disse que talvez se arrependesse de me demitir porque eu era pontual, profissional e bla blá blá ),mas contratou o próprio filho no meu lugar(isso é tão anti ético que podia render outro post,mas devido às circicunstancias e o todo meu foco é  outro ).

Apesar da sensação estranha de estar pela primeira vez sendo demitida (e da certa revolta por haver  largado dois trabalhos pelo tal) eu senti um alívio.

Pareceu que alguma coisa balançou minha vida,e isso a colocou no lugar de novo.
Eu não entendi ainda exatamente aquelas frases que escrevi,mas fico feliz por nós últimos dias não olhar pro relógio as 17:59 me perguntando sobre o porque de estar me fazendo tão infeliz.

Apesar de sentir que as coisas voltaram aos trilhos eu ainda não tomei grandes decisões ou fiz grandes coisas.Eu estou imóvel resolvendo o que realmente quero,e analisando o quanto isso é ou não temporal demais pra valer meu tempo de vida.

A vida é tão preciosa e eu a tenho deixado escapar no passar  sem sentido de horas é horas… meses e anos me dividindo em duas.

Sendo em parte a pretensão dos meus desejos temporais e uma outra metade trancafiada esperando algum outro momento pra se mostrar.Quem sabe amanhã, quem sabe daqui a pouco no minuto seguinte as 18 horas.

C o n t i n u a   em    Dicotomia (Filosofia,Teologia) e partes de mim

Sobre desilusões e abismos

gifs-gifs-ilusao-de-otica-tumblr-3

As vezes eu sinto falta de como a vida era antes, antes das desilusões e do caos. Eu era uma dessas garotas iludidas que fica feliz quando escuta o que quer. Era boba, mas era feliz, tanto quanto  se pode ser dentro de uma ilusão.

Mas certa vez, eu cai, e foi uma dessas quedas feias que levam agente em coma para  começar a ter bom senso e amor próprio, mas eu confundi isso com egoismo. Daí passei a ver a vida com esse olhar adulto, quase sempre equivocado, mas nunca mais inocente. Agora percebo quando os outros estão a falar mentiras, porque também minto. Sei quando estão a enganar, porque também engano.

Quando pensava como criança, cria que todos sem exceção iriam agir puros como eu, mas cresci, cai e endureci o coração,  e é por isso que agora quando tentam quebra-lo doí tanto. 

Aprendi o que é uma ofensa, não porque me ofenderam, mas porque ofendi. E agora quando  me ofendem sei  exatamente como o outro se sentiu.

Entre outras coisas aprendi o que é sofrer, e é como cair num abismo, é diferente daquela queda feia no chão duro, você não senti o asfalto machucando seu corpo, você apenas cai, cai e cai, e parece que nunca vai ter fim. Você fica desejando o fim, mas ele não chega, isso é sofrimento. E eu descobri quando senti.

tumblr_mhzgxkndlO1s51ph7o1_500

Senti isso quando descobri o que era uma ilusão, e foi quando vi que todas as coisas  que idealizei e desejei tanto, eram  na verdade extremamente prejudiciais pra mim. Não porque eu desejei o que era ruim, só  não sabia que o ruim podia se disfarçar de algo bom.

É , as vezes ainda me sinto caindo do abismo porque não aprendi todas as lições por trás do sangue escorrendo naquele asfalto.