A vida EXTRAORDINÁRIA de Auggie nas telonas

DOy6H-dU8AAfyw3

Aqui no blog é possível encontrar a resenha do extraordinário livro de R.J.Palacio (basta clicar aqui << ) E justamente por ter gostado tanto do livro, registrei por aqui a espera pelo longa ( veja *Post do book trailler * Post de quando saiu o primeiro trailler do filme )

Mas este ano o filme finalmente estreou no Brasil, e claro que, logo que pude fui conferir!

Fiquei super orgulhosa do resultado da obra nas telonas, e estou ainda mais fã do pequeno Jacob Tremblay ( famoso por se destacar em O QUARTO DE JACK ).

Mas não foi só Jacob que se destacou, todo elenco infantil mandou muito bem, e as minhas outras duas atuações favoritas foram a das atrizes Izabela Vidovic interpretando Via irmã do Auggie , e da pequena  Millie Davis interpretando a grande amiga Summer. Ambas foram muito fiéis ao modo como as personagens são no livro, o que torna sempre uma adaptação digna!

No elenco adulto… Me perdoe Julia Roberts, mais Owen Wilson roubou a cena! Como na maioria de seus personagens, Owen interpretando o pai de Auggie esbanjou simpatia e bom humor, o que fez com que o personagem  fosse ainda mais amado pelos fãs do livro.

3722861.jpg

Na minha opinião a adaptação ficou linda, mas se me perguntassem se senti falta de algo que vemos no livro, eu diria que, senti falta da força maior (que da esperança e empenho nas lutas de Auggie, e sua família), que seria a fé  na qual a família no livro  está tão bem alicerçada.

No livro  vemos  o personagem encontrar forças para lidar com as dificuldades enfrentadas por conta de sua deformidade no  versículo de 1 João 5:4 : Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé. 

Já no longa  toda força vem do elo familiar, amigos e gentilezas de estranhos. Seria bom ter mostrado de onde procede toda a benevolência e amor, uma vez que como sabemos ela não partiria normalmente da nossa  ”humanidade” . Até porque se partisse naturalmente de nós, livros como estes não precisariam serem escritos, e virarem filmes não é mesmo?

Em todo caso… seja como for, espalhe amor por onde for! ❤

Anúncios

FILME: O homem duplicado (o caos é uma ordem por decifrar)

enemy02Quer ver Jake duplicado na sua tela?
Quer ficar demasiadamente intrigado, e perder o sono?
Quer ver um filme te recomendar um livro?

098358.jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxxSe você for capaz de responder sim a todas essas perguntas, você deve assistir O HOMEM DUPLICADO, filme dirigido por Denis Villeneuve (do já recomendado por aqui Os Suspeitos) .

 

7e4e4f07fe05fc213dff0e0df99d6b02Adam Bell é um professor universitário de História… da aulas, vai para casa, janta, e transa com sua namorada, dorme, acorda e recomeça o processo. Sua vida monótoma, ganha um brilho de complexidade, quando um outro professor da Universidade, lhe indica um filme, e afim de mudar algo no esquema de seus dias iguais, Adam aluga o tal filme, e para sua surpresa descobre no longa um ator que é perfeitamente igual a ele. Se trata de Anthony um ator de filmes de segunda.giphy.gifAdam então decide conhecer seu duplo, o que gera uma enorme teia de situações confusas, que se tornam ainda mais complexas na imensidão de cenas repletas de simbolismos.giphy (2)

 

O filme baseado no livro homônimo de José Saramago,  foi feito para confundir, mas se você prestar bastante atenção acaba ligando os pontos, ou não rsrs, seja como for o filme valeu apena, pois acabou por me recomendar a leitura do excelente livro do inesquecível Saramago.  

Na internet é possível encontrar  uma série de teorias sobre o filme, sendo a principal delas a ideia de que Adam e Anthony são a mesma pessoa (Será?) . 

Siga a minha recomendação, e assista! 

Prometo que não haverá um duplo seu na tela! 

Sustos e clichês com AMITYVILLE: O DESPERTAR

7c8e1e0c103c3968a4031b5318a03bf5--amityville-the-awakening--moviesNa  noite da sexta-feira  passada, eu e meu namorado fomos ao cinema conferir Amityville: O Despertar, mesmo ambos não tendo assistido aos filmes anteriores da franquia.   O filme com duração de 88 minutos,  traz a sequencia dos horrores da famosa casa em Amityville (o próprio longa brinca com o fato de que  a casa já  fora tema de livro e filmes).

 Belle a protagonista se muda com seus irmãos e sua mãe, Joan , para a tal casa horrores de Amityville, sem saber o que esta representa. Mas não demora muito para que descubra sobre o passado sombrio do seu novo lar. E como em todo clichê do terror, quando ela  descobre o que é já parece ser tarde demais.

O filme não traz nada de novo, mas é garantia de muitos sustos (eu vi um rapaz na minha frente pular da cadeira do cinema por contas de certas cenas rsrsrs, e confesso que levei as mãos aos olhos para não ver algumas bizarrices)!

Nota: 5   

Recomendado para quem curte sustos, sem se importar de ver mais do mesmo no quesito enredo.  

Dica de dvd : Os Suspeitos

imagesA cerca de três semanas por recomendação do meu cinéfilo irmão, meu namorado e eu assistimos a trama com direção de Denis Villeneuve : OS SUSPEITOS . O filme nos surpreendeu, é um desses suspenses que ganham o espectador logo nas primeiras cenas. Tudo se passa em Boston, onde  Keller Dover (Hugh Jackman) e sua família vivem felizes, com os filhos  Ralph (Dylan Minnette) e Anna (Erin Gerasimovich). Em certa tarde, a família visita a casa de Franklin (Terrence Howard) e Nancy Birch (Viola Davis), seus vizinhos e amigos. Sem que eles percebam, a pequena Anna e Joy (Kyla Drew Simmons), filha dos Birch, desaparecem. Desesperadas, as famílias apelam à polícia e logo o caso cai nas mãos do detetive Loki (Jake Gyllenhaal).

Não demora muito para que ele prenda Alex (Paul Dano), que fica apenas 48 horas preso devido à ausência de provas contra ele. Alex na verdade tem o QI de uma criança de 10 anos e, por isso, a polícia não acredita que ele esteja envolvido com o desaparecimento. Entretanto, Keller está convicto de que ele tem culpa no cartório e resolve sequestrá-lo para arrancar a verdade dele, custe o que custar.

A tradução do titulo original: Prisoners, acabou por fazer total sentido, pois o filme te leva a achar no início que o próprio pai posso ser um suspeito, ou que as meninas talvez tenham fugido de algum tipo de abuso, e outros suspeitos surgem no decorrer do longa . É  um filme muito bom, e como tem Jake Gyllenhaal   é obvio que iria citar aqui !

Outras recomendações com o lindo  par de olhos azuis aqui  <

 

COISA CHATA!

20170509-it-a-coisa

Eu nunca assisti a versão original de It (no máximo fui adiantando para as cenas de ”terror” e só), também nunca li a obra de Stephen King. Mas até para minha surpresa, fui ao cinema conferir o remake de IT: A COISA, na companhia do meu namorado que gosta da obra.
Detestei cada segundo do filme, mas concordo que muitas partes causam bastante susto/aflição e até MEDO como o palhaço cabeça de balão gosta.  Os efeitos especiais são muito bem trabalhados, e as atuações das crianças são satisfatórias. No entanto continuo sem entender até hoje a grandiosidade da ideia  da pacata  cidade  Derry, aterrorizada por uma coisa que se alimenta de medo.  

Terror, não tem que fazer sentido né? Basta que aterrorize!

It-Remake-Necessary-Reasons-Stephen-King-Story

Mas eu advirto  os fãs de  Pennywise  que o novo  filme, diferente do original, é apenas o primeiro de uma sequencia, pois o remake somente trata do primeiro capitulo da extensa obra de King. Ou seja ainda vem muita coisa chata por aí !

A insólita criação do Capitão Fantástico

Capitão-Fantástico-CinePOP4

Recomendação do meu irmão Cris, ontem eu e meu namorado assistimos CAPITÃO FANTÁSTICO. Meu namorado gostou bastante, mas eu nem tanto, embora concorde que o filme traz sim alguns pontos importantes, tais como se questionar a cerca de como vivemos hoje em dia, como as crianças dessa geração estão sendo educadas e como essas interagem com a natureza e com própria sociedade, eu creio que o filme soou um tanto quanto exagerado, mas vamos lá …

130858.jpg-c_620_260_x-f_jpg-q_x-xxyxx

Para quem não sabe, o filme é sobre: Ben (interpretado por Viggo Mortensen) um pai de  seis filhos que vive na  floresta, e cria seus filhos com um rígida rotina que mais parece treinamentos de sobrevivência. As crianças  lutam, escalam,  caçam e praticam duros exercícios (e claro sem nunca comer bobagem!), não bastasse tudo isso leem obras clássicas e debatem sobre elas, tendo a autossuficiência sempre como palavra de ordem. 

3hgcyu79i2vx

Apesar dos exageros do personagem Ben, e da ideia de crianças e adolescentes tão obedientes e bem dispostos, o decorrer do filme revela algumas surpresas nas quais os personagens ( e o espectador ) são levados a pensar se seria mesmo possível viver tão á parte da realidade atual da sociedade. E é esta sementinha de questionamento que faz o filme ser mais uma insólita recomendação por aqui.   Trailer : 

Se você viu o filme, deixe seu comentário sobre o que achou !

Estilhaços, crise existencial e amizades pouco prováveis em DEMOLITION

001 (4)

Que eu sou uma fã  (desde que vi JIMMY BOLHA quando criança) de Jake Gyllenhaal  a maioria já sabe, mas o que poucos sabem por não ter feito muito burburinho com os brazucas, é o sobre o filme Demolition/Demolição.

Demolition
Direção: Jean-Marc Vallée . Gênero: Drama. Nacionalidade: EUA

Sim, mesmo sendo apaixonadinha pelo ator eu só fui saber desse filme após  ver uma cena do mesmo no instagram ( é, em tempos onde não há tempo para ver trailers  ou pesquisar sobre filmes, basta o instagram! )

giphy

  Neste filme Jake Gyllenhaal interpreta  um homem de negócios, que trabalha  com investimentos  na empresa do sogro, e que levava a vida de uma maneira um tanto quanto sem graça (e sem sentido), até que um acidente  (do qual fez parte) leva sua esposa a falecer. É então que  seu personagem  Davis Mitchell entra em colapso emocional, e é levado a pensar sobre o que de fato teria sido seu casamento, e se realmente é importante o trabalho que possuí, entre outras coisas.

Demolition-33

Nessa procura por sentido Naomi Watts surgi como a atendente Karen Moreno da empresa para qual continuamente Davis envia cartas de reclamação por ter tido um problema com uma máquina de alimentos (justo no dia do acidente). Carente e desesperado Davis desabafa toda a tragédia e crise existencial que tem enfrentado para Karen, e é então que o filme te leva a  pensar que algo clichê como um romance previsível irá acontecer, mas não! O filme vai muito além do previsível, sutilmente levando o espectador a se questionar tanto quanto Davis a respeito de sua própria vida.

 

 

 

DEIXO AQUI MINHA RECOMENDAÇÃO, E O TRAILER : 

Outras recomendações com Gyllenhaal AQUI<<