Paradoxo da desilusão amorosa

Não sabíamos que não sabíamos amar. Mas bem que agente (eu) quis… Talvez apenas não tentamos como deveríamos. Era muito desejo pra pouca entrega. Muitas ideias sobre amor, e zero experiencias a respeito. Mesmo assim nossa expectativa de um começo foi uma grande história. Não exatamente uma boa história, mais extensa o suficiente pra fazer … Continue lendo Paradoxo da desilusão amorosa

Um quase, quase amor, que de tão louco e platônico foi parar nos livros

Me disseram os sensatos ‘ É  estranho presumir amar alguém que não conhece ‘ E quem conhece bem o outro? Amamos o mistério, e supomos amar a descoberta. Me disseram os sensatos ‘ Isso é loucura! ‘  Mas tudo bem não ter sanidade a troco de amor. ‘ Esse é um mundo escuro até que … Continue lendo Um quase, quase amor, que de tão louco e platônico foi parar nos livros