Bia, a morte e uma lição

tumblr_static_filename_640_v2

Conheci através do novo trabalho uma garota, que vou chamar aqui de Bia.

Minha primeira impressão a respeito dela deixou claro que somos demasiadamente diferentes, Bia ama Matemática ( eu odeio! ), adora beber ( eu só bebo chá rs! ), se envolve em relacionamentos abertos por diversão ( eu vivo no celibato rs! )…

Mas apesar das diferenças, Bia me pareceu ser uma garota legal, é inteligente, tem lindos olhos verdes que contrastam com sua pele morena , curte redes sociais, é viciada em series ( e fala muito sobre), apaixonada por mil e um atores (dos quais como uma adolescente fica admirando as fotos no celular). Demonstrou desde que a conheci demasiada preocupação com  a saúde da mãe, parece ter um lado maduro que cresceu depois de tanta dor. Bia perdeu o pai e o namorado no ano passado, e vinha falando muito sobre sua família ( ou que restou dela, sua irmã mais nova e um irmão casado que mora em outro estado). 

Bia disse que gostava muito de festas, mas desde que ficou desempregada ( á 6 meses atrás) deixou de frequenta-las e cortou laços com algumas pessoas. Sua irmã a motivou ficar em casa dizendo ‘ Se um dia a mãe falecer você será quem mais sentirá falta dela, pois nunca passa um tempo aqui! ‘ 

Passando a ficar em casa vendo series e na companhia da mãe, Bia  desfrutou mais da família, e talvez por essa razão vinha falando tanto sobre.

Na sexta-feira passada recebeu uma ligação de sua irmã dizendo que sua mãe estava no hospital, após demonstrar sérios problemas relacionados á pressão. 

Com os olhos cheios de lágrimas  e tremula Bia se despediu de mim e foi as pressas buscar a mãe.

Ontem( segunda-feira ) nos vimos novamente no trabalho, ela parecia estar feliz com a melhora mãe e disse aliviada ‘ Foi só um susto! Nem sei o que seria de mim sem ela!‘ 

Bia recebeu horas depois outra ligação de sua irmã, saiu as pressas nem se despediu …

Sua mãe faleceu.

tumblr_static_cll1tkm6l7ccwo8c4koo4s84g_640_v2

Sei que faz pouco tempo que a conheço, mas hoje fez  falta para todos a presença de Bia, principalmente porque todos nós sabemos que ela não está lá por sentir uma ausência maior.

Todo mundo se sentiu parecido com ela agora, todos também adorariam se as mães fossem eternas,  e  se nunca ligações de urgência  nos roubasse quem amamos.

Bia me ensinou uma lição valiosa. 

Eu não a conheci durante os seis meses próxima da mãe, talvez ela nem tenha aproveitado esse tempo o suficiente a julgar por agora, mas quem de nós saberá quanto tempo ainda temos para amar? 

Não temos nada se não o agora. 

Anúncios

9 comentários sobre “Bia, a morte e uma lição

  1. Acho difícil saber… Até aqueles que estão marcados para morrer (pela medicina), acabam ganhando uns dias a mais ou a menos… Não devemos pensar na quantidade de dias que nos resta, devemos amar sem reservas. Pode ser que a Bia tenha sentido que não aproveitou o suficiente do amor de sua mãe, mas eu não acho isso! No final, ela estava “junto” (de bem e convivendo) à mãe dela, então é isso que importa e interessa.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Entendi o que colocou… de fato a morte é inesperada ( embora um risco eminente ), acho que a lição ficou pra mim, por acreditar que eu sim devo valorizar mais as pessoas a minha volta ( não por achar que eu ou elas possam partir a qualquer momento , mas por viver o momento entende?) … A Bia viveu esses momentos também, só ( assim como todos) acha difícil saber que não voltam …

      Curtido por 1 pessoa

      1. Entendo. É muito melhor quando aprendemos algo por observação do que por experiência… Evitamos sofrimentos!
        Claro, sentir falta eu também sentiria, mas acho que sou mais bem resolvida com a morte… Sei que ela anda à espreita. Sofrerei se meus pais morrerem? Claro! Mas sei que é fato que esse dia vai chegar (só que o meu pode vir antes, quem sabe?)
        Desculpa se fui meio intransigente na minha opinião! (>.<)''

        Curtido por 1 pessoa

      2. >_<
        Okay! Vou botar a boca no trombone, então! Só não vai se arrepender de libertar a fera aqui! XD
        Aff! Não, não…Vou me conter, como sempre! O equilíbrio almejado será alcançado se eu me controlar… Não é 8 ou 80, é 40!!!

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s