Livros de Abril

WP_20160424_023

Eu nunca fiz esse  tipo de postagem antes, mas acho que assim vocês ficaram cientes do que estará  por vir nas resenhas futuras  e saberão mais  sobre os gêneros  de  livros que gosto,  podendo  até  me fazerem sugestões de compra.

max

Apesar  de já  ter lido quase todos  os livros do meu querido Max Lucado, Antes de dizer amém eu  não  consegui terminar  de ler em PDF (ultimamente tem sido  muito difícil pra minha vista ler qualquer coisa no celular!).

No entanto comprei o livro para presentear  minha irmã caçula que tanto quanto eu ama Max Lucado, e como ela está  sempre no  quarto ao lado rs eu vou ler também e em breve haverá resumo dele por aqui.

;D 

❤ Contra-capa: Quantas vezes você já pegou no sono depois de um dia cansativo e estressante, sem concluir a oração que começou? Quantas vezes viu seu pensamento vagar pelos mais diversos assuntos quando tudo o que mais desejava era conversar com Deus em busca de orientação? Quantas vezes sentiu vontade de fazer o mesmo pedido dos discípulos: “Ensina-nos a orar”?Esse pedido tão fundamental foi atendido por Jesus de maneira simples e objetiva, e é com similar simplicidade e clareza que Max Lucado conduz o leitor a um nível mais elevado da vida devocional. Com base na oração que Cristo ensinou, Lucado demonstra que, como numa relação entre pai e filho, conversar com Deus pode ser uma prática diária saudável e prazerosa para quem deseja se aproximar mais do Pai celestial.


marra

Estou  super curiosa sobre o romance de estréia de Anthony Marra, que foi best-seller do The New York Times e do The Washington Post.

❤ Contra-capa:  Ao ver sua casa pegando fogo, após seu pai ser levado por soldados russos, Havaa, de 8 anos, se esconde na floresta e observa as chamas até que um vizinho a encontra sentada na neve. Akhmed sabe que se envolver significa arriscar a própria vida e que não há lugar seguro para abrigar uma criança na vila, onde informantes fazem qualquer coisa por um pedaço de pão. Mesmo assim, ele a conduz até o único lugar em que acredita que a menina poderia estar a salvo: um hospital abandonado que já teve quinhentos funcionários e onde a úica médica restante, Sonja, está no degrau mais baixo de sua carreira, amputando membros dilacerados em pacientes atingidos por minas terrestres.

Também médico, Akhmed é pouco competente, mas bem-intencionado, e seus conhecimentos, embora precários, são rapidamente requisitados: ele logo aprende a serrar pernas atingidas por estilhaços de bombas. Apesar dos protestos de Sonja de que o hospital não é um orfanato, Akhmed consegue convencê-la a manter Havaa escondida ali.

Nesse cenário de guerras, ocupações e insurgências que arruinaram a Chechênia desde a década de 1990, a confiança entre Akhmed e Sonja desenvolve-se lentamente, com Havaa funcionando como ponte. As histórias de perda dos dois médicos farão com que eles se apeguem à menina com uma ansiedade cega.

 


                                           Meu  achado ❤

william

Eu já  li A  CABANA duas vezes, mas emprestar e presentear, fez com que eu ficasse sem nenhum exemplar desse grande livro. Quando saiu De Volta  A Cabana de C. Baxter Kruger eu fui correndo tratar de  comprar e ler, no entanto como sabemos não é  uma  continuação e sim uma especie de explicação sobre a Teologia por trás do grande sucesso de Willian P. Young ( que logo vai estar nas telonas! \o/ ).

E quando finalmente saiu A TRAVESSIA, eu não  me interessei tanto pela  história que seria narrada e acabei nem o lendo (mas confesso que com a sensação  de que estava por perder uma grande experiencia como  a proporcionada pelo livro  A Cabana). O tempo passou e o autor escreveu  EVA  que eu só tomei conhecimento da existência  hoje, quando minha irmã encontrou  no caminho  para  fila das Lojas Americanas  os três livros sendo vendidos juntos. 

Nem pensei  duas vezes rs, afinal  de contas eu teria meu exemplar  A Cabana de novamente, e de quebra dois livros inéditos pra mim de  um  grande escritor.

Serão  minhas próximas leituras e  renderam resenhas por aqui!

Aguardem!!!


WP_20160424_029

Comprado também recentemente (mas esse em SEBO)  por não conseguir continuar a ler em PDF, POLLYANA  foi um livro super prazeroso de ler, quem com certeza  será  também comentado por aqui em breve. 

Sobre:  Pollyanna é uma comédia de Eleanor H. Porter, publicada em 1913 e considerada um clássico da literatura infantojuvenil. O livro fez muito sucesso, e a autora veio a publicar, em 1915, uma continuação chamada Pollyanna Grows Up ( “Pollyanna Moça“). Mais onze Pollyannas se seguiram, muitas delas escritas por Elizabeth Borton ou Harriet Lummis Smith. A mais recente sequência de Pollyanna foi publicada no meio da década de 1990, escrita por Colleen L. Reece.


Em breve  as  resenhas  de cada  um !

Anúncios

3 comentários sobre “Livros de Abril

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s