O Labirinto

 

large (1)

Eu ia por esse caminho
Não encontrava nada
A vida ia pra longe
E eu ia por outro lado
Não via as horas
Era tudo muito igual
De um lado pro outro
Tudo tão similar, que era fácil me perder
E assim me perdia de tudo que procurava encontrar
Não via o amor procurando esquecer dores antigas
Nem percebia o sol iluminando o dia preocupada com os afazeres do entardecer
Assim ia embora o tempo

Dias e noites
Mêses e anos
E eu ia pra longe, pra longe de mim
Em outra vida que parecia a anterior
Andando em vão num labirinto que eu mesma construí

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s