FITO PAEZ – Al lado del camino

 

Eu gosto de estar ao lado do caminho

Tragando a fumaça enquanto tudo passa

Eu gosto de abrir os olhos e estar vivo

Ter que me entender com a ressaca

Então, navegar é preciso

Em barcos que se chocam no nada

Viver atormentado de sentido

Acho que esta, sim, é a parte mais pesada


Em tempos onde ninguém escuta ninguém

Em tempos onde estão todos contra todos

Em tempos egoístas e mesquinhos

Em tempos onde sempre estamos sós

Terá que se declarar incompetente

Em todas as matérias do mercado

Terá que se declarar um inocente

Ou terá que ser vil e desalmado

Eu já não pertenço a nenhum istmo

Considero-me vivo e enterrado

Eu pus a canções no seu walkman

O tempo me pôs do outro lado

Terei que fazer o que é e o que não é devido

Terei que fazer o bem e fazer o dano

Não esqueças que o perdão é o divino

E errar às vezes costuma ser humano


Não é bom fazer-se de inimigos

Que não estejam à altura do conflito

Que pensam que fazem uma guerra

E fazem xixi nas calças como meninos

Que rondam por sinistros ministérios

Fazendo a paródia do artista

Que tudo que dá vida nesse mundo

Apenas os dá caspa e inveja

Eu era um menino triste e encantado

Com Beatles, Caña Legui e maravilhas

Os livros, as canções e os pianos

O cinema, as traições, os enigmas

Meu pai, a cerveja, os comprimidos, os mistérios

O whisky mau Os óleos, o amor, os cenários

A fome, o frio, o crime, o dinheiro e minhas 10 tias

Tornaram-me esse homem confuso


Se alguma vez cruzar comigo na rua

Dá-me um beijo e não te aflijas

Se vir que estou pensando em outra coisa

Não é nada mau, é que passou uma brisa

A brisa da morte apaixonada

Que ronda como um anjo assassino

Mas não te assustes, isso sempre me acontece

É só a intuição do meu destino


Eu gosto de estar ao lado do caminho

Fumando o fumaça enquanto tudo passa

Eu gosto de regressar ao esquecido

Para lembrar-me dos sonhos da minha casa

Do menino que jogava bola

Do 49585

Ninguém nos prometeu um jardim de rosas

Falamos do perigo de estar vivo

Não vim para divertir a sua família

Enquanto o mundo cai em pedaços

Eu gosto de estar do lado do caminho

Eu gosto de sentir-te ao meu lado

Embalar-te cada noite entre meus braços

 Ao lado do caminho

Ao lado do caminho

Ao lado do caminho

É mais interessante e mais barato

Ao lado do caminho

Ao lado do caminho

 

Anúncios

8 comentários sobre “FITO PAEZ – Al lado del camino

  1. Nossa! Que letra é essa! Lindo, amei, tô encantada!
    Obrigada por compartilhar Jaque!
    Beijos – tenha um ótimo dia e que Abril traga novidades interessantes para a sua vida, aproveite a virada de mês, pra deixar pra trás o que não vai bem – eu pelo menos vou tentar essa estratégia, hehehe… que seu dia seja abençoado!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s