Te agradeço

barco-no-mar-e-ondas1-jpg

Foram tantos naufrágios…
Ao menos me serviram para aprender a nadar.
Recordo-me que sentávamos na areia molhada, esperando que o sol secasse as lagrimas que havíamos chorado durante a tempestade.
Lágrimas salgadas como água do mar… eramos juntos um oceano de misérias.
Mas era bom, admirávamos o simples da vida…
Era belo ver as pegadas na areia, o por do sol depois da noite turbulenta…
Oh Deus, me devolva a esses tempos!
Queria ter entendido antes que afundar era bom, que quase morrer afogada era um privilegio. Queria ter compreendido naquele tempo que cada tempestade me moldava, me trazia poderes que só quem sentiu dores na alma pode ter.
Oh Deus, eu te agradeço por cada vez que meu barco virou.
Te agradeço por cada onda que quase me levou …
Porque agora estou aqui, e entendo o porque de tudo ter sido como foi.
Eu já não temo tempestades, sou capaz de sorrir para as ondas, e há vezes em que com Você consigo até dar passos sobre o mar.

Anúncios

2 comentários sobre “Te agradeço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s