Tempo de Esperas – O Itinerário de um Florescer Humano

Depois do mega impacto de ‘ Quem me roubou de mim? ‘ do Padre Fábio De Melo em minha vida , minha próxima leitura será ‘ Tempo de Esperas’ do mesmo ( recomendação da blogueira Agda Marianne : toqsutil.wordpress.com ).

Não sou católica, e sei que muitos cristãos evangélicos podem compreender mau eu estar lendo um livro de um padre. Mas acredite catolicismo não é nem citado em ‘QUEM ME ROUBOU DE MIM?’
Fábio De Melo é antes de tudo um homem instruído em Teologia, Filosofia, e trás através de seu ministério uma enorme bagagem das vivencias com as mais diferentes pessoas e situações. Independente de sua fé vale apena ler …

Toq'Sutil

livro-tempo-de-esperas

Antes de falar sobre e indicar este livro, quero pedir a você que pense nele sem qualquer preconceito ou predisposição para com livros de autoajuda e religiosos. Este livro é surpreendentemente especial. Tornou-se um dos meus preferidos, pois me fez refletir sobre vários assuntos e realmente aprendi muito. Cresci 20 anos em 02 dias de leitura.

Vale a pena ressaltar que o pe. Fábio de Melo é extremamente culto, graduado em Filosofia e Teologia, pós-graduado em Educação e mestre em Teologia Sistemática. Ele não é apenas inteligente, é também muito sábio.

Ver o post original 354 mais palavras

Anúncios

2 comentários sobre “Tempo de Esperas – O Itinerário de um Florescer Humano

  1. Oxe! E mesmo que o livro citasse (ou fosse sobre) catolicismo, não haveria problema algum em um protestante lê-lo. Aliás, se há algo que não podemos jamais abandonar é a leitura de autores católicos (sou um cristão protestante — presbiteriano), tanto recentes quanto os pais e doutores da igreja (o que seria de nós sem Gregório, Ambrósio, Agostinho, Tomás de Aquino, Anselmo, São Francisco, Teresa de Ávila, Terezinha e tantos outros?). Primeiro porque eles são nossos irmãos de fé; segundo porque nós não chegamos aqui sozinhos: os católicos têm uma centralidade histórica inestimável e insubstituível (se temos a bíblia hoje, é graças a tradição que eles preservaram com muito zelo); terceiro porque apesar da recente divisão entre Igreja Romana e Igreja Protestante, somos totalmente dependentes de muitos dos tesouros do catolicismo (como podemos alegar o Sola Scriptura sem assumir que ela foi inteira, fiel e devidamente preservada pelos católicos?). É verdade que há entre nós diferenças teológicas significativas, mas elas não ocupam o trono da nossa fé; nossos joelhos se dobram, tão somente, perante o Cristo e, por isso, somos sua Noiva. O resto é picuinha oriunda da nossa pequenez… Então, leio católicos sem medo e com muita gratidão!
    Abraço!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi! Verdade, achei importante dizer/escrever isso porque infelizmente a maioria enxerga fé como religião, e nos sabemos que existe sim o preconceito por parte dessas pessoas.

      Embora cristã/evangelica , um dos meus livros favoritos é IMITAÇÃO DE CRISTO (também escrito por um padre), penso o mesmo , obrigada pelo comentário Claiton ^^

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s